fbpx

ERP: Como corrigir a implementação com falhas?

ERP

 

Implementar um ERP com falhas acarreta custos acrescidos para o orçamento de uma empresa, atrasa o cronograma e leva ao incumprimento dos objetivos traçados. Este é um acontecimento complexo para a organização, com consequências que podem perturbar e desmotivar a equipa.

 

Antes de implementar um software ERP, privilegie o acompanhamento profissional. Faça uma prospeção no mercado para avaliar bem o produto e, se necessário, pondere a contratação de uma equipa de especialistas para fazer o serviço.

 

A implementação deste software é um investimento caro. Perder tempo e dinheiro a implementar um sistema que não funciona, pode tornar-se incomportável. Por isso, mais vale prevenir e evitar a falha do ERP. Ressalvamos a importância de planear bem a escolha da solução e da sua respetiva implementação.

 

O que pode levar à implementação falhada do ERP?

As causas para a falha na implementação de um ERP são variadas. Deixamos-lhe uma lista de 7 situações que podem comprometer o sucesso da intervenção:

  1. Escolha de uma solução inadequada;
  2. Falta de planeamento;
  3. Falta de compromisso por parte da administração;
  4. Parcos recursos técnicos;
  5. Falta de responsabilidade para tomar decisões;
  6. Formação e suporte insuficientes;
  7. Desvalorização do período para testes de avaliação e identificação de problemas.

 

Etapas para corrigir a instalação de um ERP

 

Um projeto de recuperação da implementação de um ERP deve ter como foco restaurar a confiança e realinhar o projeto com as prioridades do negócio.

Ao avançar para a correção de falhas, pondere cada passo. Peça apoio a uma equipa especializada que lhe ofereça garantias, analise cada ponto, verifique a estratégia e siga com 100% de confiança. Estas são algumas das etapas que podem ser efetuadas de forma a recuperar as falhas da implementação:

 

·       Avaliação das falhas

Naturalmente, a primeira etapa passa por avaliar as falhas que comprometeram o sucesso da implementação. Podem ser inúmeras as razões e as áreas que revelaram problemas de desempenho devem ser examinadas a fundo. Alguns dos problemas mais comuns prendem-se com a escolha errada do fornecedor, da solução ERP ou até da equipa de implementação (interna ou externa). Outros pontos podem ser questões relativas à gestão do projeto ou falta de adaptação interna às mudanças nos processos de negócio.

 

·        Avaliação dos efeitos de curto e longo prazo

Depois da falha na implementação, não é aconselhada a tomada de decisões emocionais. Deve ser efetuada uma análise completa de forma a definir métricas quantificáveis. É necessário avaliar cada área, departamento a departamento, função a função e verificar o que está efetivamente a ser feito. Com a identificação dos pontos problemáticos pode determinar se são problemas de curto ou longo prazo e priorizá-los de forma mais consciente.

 

·       Decidir se é recuperável ou partir para nova solução

Após as etapas anteriores, é necessário decidir se a recuperação da implementação do ERP faz sentido ou se terá de ser equacionada outra solução. Há prós e contras para ambas as hipóteses. Às vezes é melhor começar de novo, outras vezes é melhor consertar o que já foi feito. As etapas anteriores vão ajudar a definir a opção que vai produzir os melhores resultados para a sua empresa.

 

·       Evitar erros anteriores

O projeto de recuperação de implementação do ERP só faz sentido se o foco estiver na resolução de erros identificados nas etapas anteriores. Se a opção passar por começar do zero, com uma implementação totalmente nova, é aconselhável a revisão à lista de erros já levantados.

O processo de recuperação pode ser um caminho longo e árduo. Primeiro é importante não esquecer porque o projeto inicial falhou e incluir a equipa de implementação, a gestão de projeto e o fornecedor. Não deve existir qualquer receio em efetuar alterações internas para aproveitar as funcionalidades do sistema. Lembre-se que o objetivo desta implementação é revolucionar a sua empresa: otimizar os processos internos, responder a obrigações legais, tornar mais ágil o trabalho da equipa e oferecer um melhor serviço ao cliente.

 

·       Determinar custos

É muito importante determinar os custos exatos do projeto e o prazo restante antes de avançar para uma eventual recuperação. É muito provável que o valor total dos custos esteja acima do que foi orçamentado inicialmente, isto para além dos atrasos. É necessário entender os fatores precisos que mais contribuíram para o status atual do projeto.

A nossa equipa de especialistas tem acompanhado inúmeros projetos de implementação de ERP com muito sucesso. Seguimos estratégias consolidadas que nos permitem identificar falhas comuns e problemas internos que podem comprometer o sucesso da operação.

Por sabermos o quão difícil pode ser para um negócio superar uma implementação falhada, criámos um passo-a-passo que o vai ajudar a avançar com mais segurança. Descarregue o nosso ebook grátis e siga os conselhos dos nossos peritos.

 

 

Artigo anterior e próximo

Adicionar Comentário